PodCast - Mensagens em áudio

AGENDA

Culto Presencial - 15/05/2022 - Cristo é conosco

Ouça o áudio que foi gravado nIgreja Metodista Livre de Rio Preto (Free Methodist Church) durante o Culto de 15/05/2022. 

PodCast (áudio da pregação) em MP3 (baixar ->  clique aqui)



Tema: CRISTO É CONOSCO
“Evangelho é vencer o medo”

Liturgia:
João 6:19-21 NTLH
(19)  Os discípulos já tinham remado uns cinco ou seis quilômetros, quando viram Jesus andando em cima da água e chegando perto do barco. E ficaram com muito medo.
(20)  Mas Jesus disse: —Não tenham medo, sou eu!
(21)  Então eles o receberam com prazer no barco e logo chegaram ao lugar para onde estavam indo.
João 6:19-21 ARA
(19)  Tendo navegado uns vinte e cinco a trinta estádios, eis que viram Jesus andando por sobre o mar, aproximando-se do barco; e ficaram possuídos de temor.
(20)  Mas Jesus lhes disse: Sou eu. Não temais!
(21)  Então, eles, de bom grado, o receberam, e logo o barco chegou ao seu destino.

●Contexto Teológico:
Jesus acabara de alimentar uma grande multidão. Aproximadamente 5mil homens!

→ Em contraponto ao banquete oferecido por Herodes às autoridades e altos funcionários.

Ecônomo Leonardo Félix abrindo a reunião

Enquanto um alimentava ricos, políticos e elite; Jesus alimentava o povo simples e humilde.

→ Houve um grande alvoroço quando esse milagre, dos pães e peixes ocorreu ...
●a multidão ficou agitada
●o povo ficou entusiasmado

→ E tentaram à força para o fazerem Rei. Queriam a todo custo que Jesus se tornasse Rei.

Mas Jesus não cedeu a esse apelo popular; muito menos se deu ao luxo de se desviar de sua missão.

→ Assim sendo, João registra que Jesus voltou sozinho para o Monte, deixando os Discípulos ao pé do monte, onde a população enlouquecida estava.

Já Mateus faz uma (Mt 14:22) importante observação antes, Jesus ordenou que os discípulos fossem a frente ao lado oeste do lago.

→ Durante a madrugada, entre 3 ou 6 horas da manhã, Jesus desceu do monte e passou a caminhar pela praia. Quando viu de bem longe, os discípulos com muita dificuldades, remando e navegando contra o forte vendo.

Igreja Metodista Livre de Rio Preto

→ Marcos registra que (Mc 6:48) os Discípulos remavam, mas estava penoso, árduo lutar contra a força do mar.

Em que pese entre os Discípulos havia pescadores, mas nem todos eram.

→ Fico imaginando ...
●as fortes ondas, as águas
●a escuridão no meio do lago
●o vento forte

Aquilo deixou os Discípulos, com toda certeza, receosos.

→ Quando de repente, eles viram algo sobre as águas, por cima das águas, andando sobre as águas! O coração ficou palpitante, o medo e pavor tomou conta ao ponto de gritarem e exclamarem: fantasma!
Mateus (Mt 14:26) Marcos (Mc 6:49)

→ São João não chegou a anotar desta maneira, considerando apenas “o temor”, o medo (Jo 6:19).

Naquele instante de medo, no momento de desespero, Jesus os acalma dizendo: “Não temais! Sou eu!”

→ Interessante frisar este ponto importante, no qual  João não registrou, quando Pedro retoricamente
questiona Jesus: “Se és tu, manda-me ir contigo”

Apenas Mateus faz alusão a esse acontecimento fantástico, quando São Pedro andou também sobre as águas (Mat 14:28)

→ Mas em razão dos fortes ventos, e ondas, Pedro acabou sucumbindo e afundando nas águas.

E a Sagradas Escrituras registra para nós que assim que Jesus entrou, após ele subir no barco, as ondas se acalmaram e conseguiram continuar sua viagem a outra margem.

Uma passagem muito, muito conhecida por todos. Quem nunca ouviu?

→ Mas quero hoje fazer uma releitura, contextualizar essa narrativa, trazendo esse texto para os dias de hoje.

Momento do grupo musical

1) Consequências quando obedecemos
Uma observação super, mega importante que li no comentário do teólogo Thomas Constable. Nele há uma nota a respeito desta passagem onde a tempestade e as águas trouxeram medo.
 
→ Teólogo Wiersbe (Pr. Batista Americano) faz uma citação (nota) no comentário do Constable:

“Às vezes somos pegos numa tempestade por desobedecermos ao Senhor”
“Mas às vezes também, tempestades veem quando obedecemos ao Senhor!”
“E quando isso acontece, podemos ter certeza de que o nosso Salvador estará conosco, virá até nós, intercederá por nós”

→ Olhe irmãos, que percepção magnífica, surpreendente! Que visão linda do Pr. Wiersbe!

Nos faz refletir sobre o fato de que os Discípulos obedeceram ao comando de Jesus, que ordenou: “Vão à frente”

→ Mas mesmo sob o comando ...
●mesmo sob a ordem
●ainda que obedecendo passaram pela tempestade!

Conclusão:
Isso significa que tempestades podem vir, mesmo quando estamos na direção do Senhor!
Problemas podem surgir, ainda que estivermos sob as ordens do Senhor!

→ Tenha confiança, tenha fé! Continue a remar!


2) Nunca estamos sós
Outro aspecto que devemos observar atentamente é justamente o fato de que os Discípulos pensaram que estavam sós no barco.

→ Remavam, remavam e nada adiantava.

Com certeza o forte vento, as ondas agitadas levavam a crer que realmente estavam a sós!

Quantas vezes passamos por situações assim na nossa vida!

→ Momentos em que olhamos para os lados, e parece ...
●que estamos patinando,
●parece que estagnamos e não conseguimos avançar!

→ Porém, irmãos, não se esqueçam:
1º Jesus orava no Monte
2º Jesus estava na praia a observá-los! Aleluia!

Jesus estava de longe olhando, observando, acompanhando cada remada, para saber até que ponto, qual era o limite, até onde chegariam!

Para de repente, Ele aparecer do nada! De maneira que surpreendeu os discípulos, que inclusive, ficaram com medo e gritaram!

Conclusão:
●muitas vezes vai parecer que você está só!
●há momentos em que você se sentirá isolado, desamparado, sozinho!

→ Entretanto, Ele estará contigo, pode ter certeza! Jesus não nos abandona!

Pastor Júlio Ronqui

3) Vença o medo
Por último, mas não menos importante: Vencer o medo!

→ Em que pese Pedro tenha afundado, sucumbido, mas ele chegou a caminhar sobre, por cima das águas!

Da mesma forma os demais, estavam atônitos, confusos, espantados, pasmos ...
●mas continuavam remando!
●não deixaram de remar!

→ O medo muitas vezes nos paralisa, nos confunde, nos atordoa, nos abala! 

Há instantes em que Deus...
●nos fala algo
●nos diz alguma coisa, mas temos medo em obedecer, temos medo em seguir!

Quando Deus falar, obedeça! 
Quando Deus dizer, faça!

Acredite, Ele está conosco!

Como o Salmista diz:
Salmos 37:25 ARA
(25)  Fui moço e já, agora, sou velho, porém jamais vi o justo desamparado, nem a sua descendência a mendigar o pão.

→ Percebe a força disto? Você compreende o poder nessa palavra maravilhosa?
Deus não nos desampara!

→ Motivo pelo qual, não se esqueça:
1) Das consequências quando obedecemos
2) Que nunca estamos sós
3) E por fim, vença o medo

Quer nos ajudar? Faça sua doação! Lance sua semente!


Chave Pix:
igreja@metodistalivre.org

 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vim para adorar-te em japonês

Grupo de Louvor da Caape - música: Deus vai fazer

Encontro de Jovens - Passa ou Repassa