PodCast - Mensagens em áudio

AGENDA

Culto Presencial - Domingo 24/10/2021 - tema: "O que Deus plantou"

Assista ao vídeo que foi gravado na nossa página oficial no Facebook da Igreja Metodista Livre de Rio Preto (Free Methodist Church) do Culto de 24/10/2021. 

Respeitando todos os protocolos sanitários e Decretos, bem como as normas da vigilância, como tapete sanitizante, aferição temperatura na entrada, totem com álcool em gel à disposição, portas e janelas abertas, uso de máscaras constante, distanciamento, higienização do templo com produto hospitalar a base de amônia, poltronas, maçanetas e banheiros, voltamos ao culto presencial, com todo cuidado e respeito.

O Pr. Júlio Ronqui ministrou no tema: "O que Deus plantou!"

“Evangelho é ... não ser fariseu”

Liturgia:
Mateus 15:13 NTLH
(13)  Jesus respondeu: —Toda planta que o meu Pai, que está no céu, não plantou será arrancada.
Mateus 15:13 ARA
(13)  Ele, porém, respondeu: Toda planta que meu Pai celestial não plantou será arrancada.

●Contexto Teológico:
Vamos apenas compreender de onde surgiu essa fala. Porque Jesus disse isso? Qual foi o contexto?


→ A fama de Jesus crescia a cada dia Ele era reconhecido, tinha acabado de alimentar a multidão
apenas com 5 pães e 2 peixes.

→ O Sinédrio de Jerusalém enviou os fariseus
▪os mais letrados 
▪que tinham mais conhecimento
para verificarem esse tal de Jesus.

→ Interessante que juntamente, os Escribas também foram para verificarem.

→ Um aspecto importante é que saíram de Jerusalém e foram até a Galiléia, onde Jesus estava.

→ A Bíblia registra que os fariseus e escribas chegaram bem na hora de uma refeição e pegou os discípulos comendo.

→ Entretanto, algo importante foi notado pelos fariseus, que verificaram que os discípulos comiam
entretanto, sem o ritual de purificar as mãos.

→ Essa era na verdade uma tradição oral passada entre os judeus mais antigos aos judeus mais novos, na qual havia normas, regras e leis, sobre higiene e limpeza.

→ Para se ter uma ideia, havia inclusive regras de como arrumar a cama, como limpar os utensílios
da cozinha e especialmente como limpar suas mãos para comer com higiene.

→ Mas o problema era que para nós, essas simples regras eram vistas como mandamentos.

Até porque na Palestina, naquele tempo a questão de higiene e sanitária era muito séria.

→ Vejamos, 
▪ não havia hospitais
▪ não havia farmácias
▪ não havia medicamentos, como temos hoje.

→ Era preciso cuidado redobrado com a higiene.

→ Mas o fato não está ai
▪ o problema todo não era simplesmente o lavar as mãos.

→ Mas impor isso como
▪ um mandamento, 
▪ uma regra religiosa, 
▪ estabelecer como princípio espiritual, relacionado com a religião

→ Essa era a grande crítica de Jesus. O que adiantava os fariseus hipócritas!
Lavavam as mãos para comer, mas não lavavam o coração!

→ A gente muitas vezes tem um olhar de Jesus amoroso, de um Jesus paz e amor, mas quando Ele tinha que falar, Jesus falava – com certeza!

Sabe o que ele responde?

→ Chama os fariseus de hipócritas e toca na ferida, no bolso, no dinheiro!!

→ Os fariseus eram realmente hipócritas religiosos!

→ Vejamos a crítica de Jesus com relação a eles.

→ Os fariseus se preocupavam com “regras” humanas, como lavar as mãos, entretanto, o mandamento
honra teu pai e tua mãe, que foi dado por Deus, em Êxodo 20:12, não era obedecido!

→ Naquela época, esses hipócritas religiosos, quando tinham que ajudar seus pais financeiramente, permitiam que o povo desse a desculpa:
▪ que tinham consagrado
▪ determinado valor a Deus
▪ determinado bem a Deus, não podiam desfazer o juramento!

→ A Tradição dos judeus era chamada de “Korban” (Casuística corbã)
▪ quando alguém fazia um voto
▪ quando alguém dedicava (uma propriedade, ou bens a Deus)

→ Bom, a crítica de Jesus era muito dura, não é!

→ Desta maneira, Jesus finaliza, vocês estão preocupados com meus discípulos, se lavam as mãos, mas vocês não honram seus pais, o que é pior?

→ Os fariseus ficaram chocados, foram embora com toda certeza
▪ enraivecidos
▪ a contragosto 

→Após todo esse embate, Jesus explica para seus discípulos que o que contamina o homem é o que sai, e não o que entra.

Porque o que sai,
▪ vem do coração
▪ procede da alma do homem

→ Mas os próprios discípulos
▪ estavam estupefatos
▪ estavam impressionados
▪ com tamanha audácia
▪ com tamanha coragem

→ E comentaram, Mestre os fariseus se escandalizaram
▪ com sua explicação!
▪ sairam daqui “bufando”
(Mateus 15:12)

→ Então, Jesus responde com esse versículo que acabamos de ler.
Dizendo ainda: “Não se preocupem com eles”

→ Interessante que os discípulos sabiam da importância desses fariseus e escribas
▪ Sabiam que vinham de Jerusalém, que tinham sido enviados pelo Sinédrio.

→ Que eram homens importantes
▪ dentro da sociedade 
▪ dentro da religião judaica

→ Muito embora, Jesus acaba lhes dando uma resposta surpreendente!

Mateus 15:13 NTLH
(13)  Jesus respondeu: —Toda planta que o meu Pai, que está no céu, não plantou será arrancada.

Agora você consegue entender o significado  dessa pequena frase?
Dessa perícope?

● Contexto Prático:
Vamos contextualizar, trazer para os dias de hoje essa mensagem.
Quero comentar sobre 3 aspectos que falaram muito comigo.

1) Religiosidade e Deus
É muito intrigante a dura crítica que Jesus sempre fez sobre religiosidade.

→ Interessante que Jesus quebrou todos os paradigmas da época dele!

→ Ao dizer que esses fariseus não eram plantas, que foram plantadas por Deus!

→ Jesus está os excluindo!
▪ Jesus está retirando-os do contexto espiritual!

Você tem ideia do peso disso?

→ Sabe, quando Jesus fala sobre a parábola do bom samaritano?

Havia um homem caído, vítima do assalto, que estava quase morto.

→ Passaram duas figuras extremamente importantes na religião judaica
▪ a figura do sacerdote
▪ a figura do levita (Lucas 10:31)

→ Gente, o que Jesus quis dizer nesta parábola?

→ Que essas duas importantes figuras para a sociedade, estavam corrompidas, pois eram eles que deveriam ter parado e socorrido!

Mas foi o samaritano
▪ justamente aquele que 
▪ nenhum judeu imaginaria
▪ aquele que ninguém esperaria...

→ Até por causa da rixa entre judeus e samaritanos.

→ Mas está ai o conceito que Jesus queria quebrar os paradigmas!

→ Ser religioso, ser fariseu, ser pastor, ser obreiro
▪ não significa nada
▪ se não houver um coração de verdade transformado!

Deus está longe da religiosidade vazia

2) Você é semente de Deus?
O segundo ponto é um alerta, para nós refletirmos hoje.

→ Os fariseus naquela época
▪ se imaginavam religiosos
▪ se imaginavam tementes
▪ seguidores dos mandamentos

→ Mas Jesus foi explícito
▪ claro e muito límpido, não eram plantas que foram plantadas por Deus!

→ Então me veio a pergunta: Você tem certeza que é uma planta que Deus plantou?

3) Cego guiando cego
Por último, mas não menos importante!

→ Temos visto uma gama de escândalos, de erros, dentro da Igreja.

→ Muitas pessoas criticam, hoje em dia as Igrejas
▪ inclusive, se distanciaram das Igrejas, por causa desses escândalos e atitudes.

→ Mas não se esqueça: "O joio cresce junto com o trigo"

→ Vai chegar a hora em que a planta que não foi plantada por Deus 
▪ será cortada
▪ será lançada fora

Então não deixe que fariseus atrapalhem sua fé!

→ Não deixe que religiosos esfriem sua fé em Jesus!

▪ esteja firme
▪ esteja atento
▪ esteja orando sem cessar

Pois o que Deus plantou irá permanecer de verdade!


PodCast (somente o áudio da pregação) em MP3 (baixar ->  clique aqui)

Assista, seja edificado e compartilhe!


Link do Vídeo -> https://fb.watch/8WzTAiJ4C2/


Assista a Ministração apenas da Palavra no Instagram:


Assista a Ministração do Louvor 




Quer nos ajudar? Faça sua doação! Lance sua semente!


Chave Pix:
igreja@metodistalivre.org

 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vim para adorar-te em japonês

Grupo de Louvor da Caape - música: Deus vai fazer

Grupo Louvor Caape: Eu navegarei e Ainda Bem