Tecnologia do Blogger.

PodCast - Mensagens em áudio

África: Igreja Presbiteriana é atacada no Niger

Saiu matéria no tabloide Folha de São Paulo na edição de hoje, 19/01/15.

Igrejas brasileiras são atacadas no Níger
Igrejas brasileiras são atacadas no NígerIgrejas brasileiras são atacadas no NígerIgrejas brasileiras são atacadas no Níger
A onda de ataques no Níger (norte da África) contra a charge de Maomé na atual edição do jornal francês "Charlie Hebdo" destruiu no sábado (17/01/14) duas igrejas presbiterianas brasileiras na capital, Niamey.


Outras duas igrejas e uma escola sob o comando de missionários do Brasil, que pertencem a uma ONG protestante, também foram atingidas, segundo relato à Folha, por telefone, de brasileiros que moram na cidade.

A comunidade brasileira no Níger –estima-se que seja de pelo menos 32 pessoas– foi orientada pelo Itamaraty a não sair de casa por causa dos protestos, que buscam símbolos cristãos e locais vinculados a franceses.


A Folha apurou que a embaixada do Brasil no vizinho Benin, responsável pela diplomacia no Níger, avalia retirá-los do país se a situação se agravar. 


Informações preliminares passadas ao governo brasileiro apontam a possibilidade de que o grupo extremista Boko Haram, da vizinha Nigéria, esteja ligado aos protestos. 


Desde sexta-feira, dez pessoas morreram e cerca de 20 templos cristãos foram atacados no país, predominantemente muçulmano e um dos mais pobres do mundo.

Dois templos da Igreja Presbiteriana Viva, com sede em Volta Redonda (RJ), foram incendiados e saqueados, contou o pastor brasileiro e responsável pela administração, Roberto Gomes.

O Pr. Roberto Gomes relatou: "Estou em estado de choque. Moro aqui desde 2009, na África há 14 anos, e nunca vi algo parecido", disse. "A relação com os muçulmanos sempre foi tranquila. Só pode ser coisa do Satanás", afirmou Gomes.

Ele abriga desde sábado a família do missionário brasileiro Jefferson Garcia, coordenador de duas igrejas e uma escola da ONG World Horizon, do Reino Unido.

"A escola, para 350 pessoas, foi destruída e botaram fogo nas igrejas. Roubaram televisão, armários, tudo. Queimaram até um cachorro guardião do local", disse ele, que vive há três anos no país.

Segundo ele, são sete brasileiros como missionários da ONG no Níger, outros 12 trabalhando para a igreja de Volta Redonda e os demais para missões de outras entidades evangélicas.

Fonte: Folha de São Paulo - clique aqui.


O Níger:


Oficialmente República do Níger  é um país na África Ocidental. Faz fronteira com a Argélia e Líbia ao norte, a leste com o Chade, a sul com a Nigéria e Benim e a oeste com Burkina Faso e Mali. 

O país abrange uma área de quase 1.270.000 km², fazendo desta a maior nação da África Ocidental, com mais de 80% de sua área de terra coberta pelo Deserto do Saara. 

A população é predominantemente islâmica, sendo estimada em 17 138 707 habitantes, conforme dados de 2013.

 A capital é Niamey, localizada no sudoeste do país, que é também a sua maior e mais populosa cidade.

O Níger é uma das mais pobres nações do planeta, cuja economia é centrada na agricultura de subsistência, na criação de animais e na reexportação de produtos, e cada vez menos baseada na produção de urânio, seu principal produto de exportação desde a década de 1970.

Fonte: Wikipédia - http://pt.wikipedia.org/wiki/Níger.

Vamos orar pelos nossos irmãos no Níger.




← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

VIGÍLIA DE ORAÇÃO - 21/10/2017 às 20h

VIGÍLIA DE ORAÇÃO - 21/10/2017 às 20h
Participe!

Projeto no CentroPop

Projeto no CentroPop
Todas as sextas-feiras a partir das 18h30 servindo refeições aos moradores de rua com pessoal da Adventista

Instagram da Metodista Livre

Twitter da Metodista Livre

Postagens populares